Segunda, 15 de Julho de 2024
65 99680-8810
29°

Tempo limpo

Lucas do Rio Verde, MT

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 5,94

Peso Arg.

R$ 0,01

Policia POLÍCIA

IMAGENS FORTES! AGENTE PENITENCIÁRIO É SEQUESTRADO, TORTURADO, EXECUTADO A TIROS E CORPO É JOGADO EM RUA NO BAIRRO DA CIDADE NOVA, VEJA VÍDEOS

08/07/2024 10h14
Por: redação Fonte: PORTAL DO ZACARIAS
Reprodução.
Reprodução.

O agente penitenciário Raimundo de Mar, 33, foi sequestrado, torturado e depois de ser assassinado a tiros, foi jogado na Rua Pintasilgo, bairro da Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

O homem trabalhava na Unidade Prisional do Puraquequara, Zona Leste, e foi sequestrado no bairro de Santa Etelvina, por homens desconhecidos, que o levaram do local em um carro de modelo e placa desconhecidos.


O corpo foi jogado próximo de um muro, enrolado em uma rede, as mãos amarradas com pedaços de fios elétricos e os tiros foram disparados contra o peito e a cabeça do agente penitenciário.

Raimundo de Mar em fotofrafias recentes

Logo após o sequestro os criminosos usaram o celular do próprio Raimundo de Mar, para ligar para um dos seus irmãos e dize que ele seria executado e que iriam jogar o corpo na Avenida da Torres.


O corpo foi encontrado por moradores da Rua Pintassilgo, que chegaram a ver os assassinos chegando ao local e depois da “desova”, foram embora em alta velocidade.

 


Local onde o corpo foi jogado pelos assassinos 

O agente penitenciário estava só0 de cueca, o rosto estava bastante deformado e haviam outras marcas de tortura no peito, abdômen e também nas costas.


Uma investigação está sendo realizada pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e ainda não se sabe se o assassinato de forma brutal, tem ligação com a profissão de agente penitenciário que a vítima exercia há mais de um ano.

TENÇÃO! IMAGEM FORTE! 

 

Veja também

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.