Segunda, 15 de Julho de 2024
65 99680-8810
29°

Tempo limpo

Lucas do Rio Verde, MT

Dólar com.

R$ 5,44

Euro

R$ 5,94

Peso Arg.

R$ 0,01

Policia TOLERÂNCIA ZERO

Dois PMs e militar do Exército são presos em tentativa de invasão de terra em fazenda em MT

Eles ameaçaram os funcionários e chegaram a tomar seus aparelhos celulares.

24/06/2024 18h04
Por: redação Fonte: APARECIDO CARMO DO REPÓRTERMT
PM/Imagem Ilustrativa
PM/Imagem Ilustrativa

Cinco criminosos foram presos na manhã desse domingo (23) acusados de tentar invadir uma propriedade rural na cidade de Novo São Joaquim (414 km de Cuiabá). Entre os presos estão dois policiais militares, um da ativa e outro aposentado, além de um militar do Exército Brasileiro.

Conforme informações da Polícia Militar, quatro homens armados chegaram em uma fazenda e ocuparam metade da propriedade. Eles ameaçaram os funcionários e chegaram a tomar seus aparelhos celulares.

Em ação conjunta, agentes de Novo São Joaquim e de Barra do Garças, inclusive com homens da Força Tática, encontraram o veículo usado pelos suspeitos na entrada da cidade.

Durante a abordagem, os militares encontraram duas pistolas 9 milímetros e uma pistola calibre .380. Os criminosos foram presos em flagrante e encaminhados para a Polícia Civil.

Em nota oficial, o 5º Comando Regional da Polícia Militar confirmou que dois dos presos eram PMs e destacou que a corporação não compactua com qualquer tipo de ação ilícita praticada por seus integrantes.

Conforme a nota, o caso foi tratado como uma ocorrência comum e por isso será conduzida pela Polícia Civil. Mesmo assim, um procedimento interno será instaurado para apurar responsabilidades na esfera militar.

“A Polícia Militar continua dedicada a proteger a segurança pública e a integridade da comunidade, agindo com profissionalismo, ética, transparência e justiça”, conclui a nota.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.