Segunda, 15 de Julho de 2024
65 99680-8810
29°

Tempo limpo

Lucas do Rio Verde, MT

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 5,93

Peso Arg.

R$ 0,01

Policia POLÍCIA

Homem mantém esposa e filho de 10 anos em cárcere privado por dois meses em Cuiabá

A vítima conseguiu fugir de casa e denunciar a constante violência física e psicológica praticada pelo marido

24/06/2024 17h59
Por: redação Fonte: DO REPÓRTER MT
Melanie Wasser/Unsplash
Melanie Wasser/Unsplash

Um homem, de 37 anos, manteve a esposa e o filho, de 10 anos, presos dentro de casa por aproximadamente dois meses, em Cuiabá. Ele foi preso na manhã desta segunda-feira (24). Com histórico de diversas passagens pela polícia, o criminoso foi autuado em flagrante pelos crimes de ameaça, lesão corporal, sequestro e cárcere privado no âmbito da violência doméstica.

A vítima é casada com o agressor há 15 anos e juntos tiveram um filho. Ela vinha sendo mantida presa dentro de casa pelo marido, que é extremamente agressivo.

A mulher relatou que já havia solicitado medidas protetivas de urgência em duas ocasiões anteriores, porém, o marido nunca cumpriu a determinação judicial. O criminoso chegou a ser preso por violência doméstica, mas retornou para casa depois de ter sido solto.

Desde então, a vítima e o filho sofriam constante violência física e psicológica, sendo agredidos com tapas, puxões de cabelo, socos e chutes. Além disso, o marido trancava as portas e portões da casa, impedindo as vítimas de sair e também de se comunicar com familiares.

Devido à situação, o filho do casal não comparecia à escola desde o mês de maio. Nesta segunda-feira (24), a vítima conseguiu fugir de casa, ocasião em que procurou o Plantão de Violência Doméstica, mas não conseguiu levar o filho. 

Entendendo se tratar de situação de flagrante, o delegado plantonista Ricardo Franco determinou que uma equipe policial fosse imediatamente até a residência, onde foi realizada a prisão em flagrante.

A vítima e o filho serão encaminhados para Casa de Amparo.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.