Segunda, 15 de Julho de 2024
65 99680-8810
29°

Tempo limpo

Lucas do Rio Verde, MT

Dólar com.

R$ 5,45

Euro

R$ 5,95

Peso Arg.

R$ 0,01

Policia POLÍCIA

Polícia fecha o cerco contra delivery de drogas em Várzea Grande e Cuiabá

Operação integra os trabalhos da Delegacia de Entorpecentes de combate ao tráfico doméstico em Cuiabá e Várzea Grande.

14/06/2024 21h31
Por: redação Fonte: APARECIDO CARMO DO REPÓRTERMT
PJC
PJC

Três pessoas foram presas nessa quinta-feira (13), acusadas de participação em uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas na modalidade delivery com atuação em Cuiabá e Várzea Grande. O balanço da operação foi divulgado nesta sexta (14)

Na Operação Haze também foram cumpridas outras nove ordens judiciais de buscas e apreensões domiciliares e bloqueio de contas bancárias expedidas pela Terceira Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande.

Conforme as informações divulgadas pela Polícia Civil, dois desses alvos são reincidentes e já haviam sido presos em fevereiro e março deste ano na terceira fase da Operação Doce Amargo.

Naquela ocasião foram cumpridos 43 mandados de prisão, entre os quais um assessor jurídico do Tribunal de Justiça e um estudante de Medicina.

Um dos alvos da Operação Doce Amargo foi encontrado com uma estufa com uma plantação profissional de maconha em casa com cerca de 80 pés. Além de ventiladores e umidificadores de ar, a estufa da quadrilha possuía iluminação especial para o cultivo da planta.

O grupo criminoso alvo da polícia nesta semana é investigado desde janeiro deste ano por envolvimento na comercialização de drogas, principalmente na região de Várzea Grande. Os investigados atuavam levando a substância combinada diretamente ao consumidor na modalidade ‘delivery’.

O nome da operação, Haze, faz referência a como é conhecida a droga comercializada pelo grupo, sendo uma espécie de maconha de origem híbrida, que é comercializada por um preço mais alto.

 
 
 
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.